Revista Latina

Metadata - 2012

http://www.revistalatinacs.org/067/art/962_Chicago/18_Kevinpo.html
DOI: 10.4185/RLCS-2012-962
po

<journal>
<journal_metadata language="en">
<journal_metadata language="po">
<title>RLCS, Revista Latina de Comunicación Social</title>
<meta http-equiv="Content-Type" Content="text/html; charset=iso-8859-1"/>
</journal_metadata>
<journal issue>
<publication_date media_type="electronic">
</journal_issue>
</journal>
<meta http-equiv="Content-Type" Content="text/html; charset=iso-8859-1"/>
<meta name="DC.title" content="Imprensa, geografia e monopólio. A forma da notícia nas páginas dos jornais dos Estados Unidos / News, Geography & Monopoly: The Form of Reports on U.S. Newspaper Internet Sites”/>
<meta name="DC.creator.personalName" content="Kevin G. Barnhurst, Ph. D."/>
<meta name="DC.creator.address" content="kgbcomm@uic.edu"/>
<meta name="DC.contributor.editor" content="Dr. José-Manuel de-Pablos-Coello"/>
<meta name="DC.contributor.address" content="jpablos#ull.es"/>
<meta name="DC.Date.availableated"lang="es" scheme="iso8601" content="2012"/>
<meta name="resource-type" content="scientific paper"/>
<meta name="distribution" content="Global"/>
<meta name="robots" content="all"/>
<meta name="rating" content="General"/>
<meta name="digital objet identifier, DOI" content="DOI: 10.4185/RLCS-2012-962po"/>
<meta name="DC.Description" lang="en" content=“Revista Latina de Comunicación Social, RLCS, is a scientific journal edited at the University of La Laguna, ULL (Tenerife, Canary Islands) in the Laboratory of Information Technologies and New Analysis of Communication, LATINA according to its initials in Spanish, founded in 1987 by Dr. José Manuel de-Pablos-Coello, under the protection of special doctorate programmes for Latin American professors. The journal publishes under the main summary almost exclusively research papers written following the formula IMR&DC+B: introduction, methodology, results and discussion plus conclusion, with a updated bibliography: at least 70% of the bibliographic entries must be from the past 10 years and half of them from scientific journals in Spanish and English languages. Reviewers make a double blind peer examination. This is a collective and inter-university project, including many professors and researchers from almost all Spanish and Portuguese speaking countries. The journal is the following databases: EBSCO (USA), DOAJ (Lund University, Sweden), Redalyc (Mexico), Dialnet (Spain); and is indexed by the CINDOC-CSIC in DICE, ISOC, RESH, Office of Latin American Education, OEI according to its initials in Spanish; Dulcinea... and at 2011, in Scopus. In Spain the journal is a reference in the Directory of Index of Spanish Periodicals of Social and Communication Sciences, IN-RECS, of the University of Granada, UGR. RLCS occupies the first position in the cumulative index for the periods 2003-2007; 2004-2008, 2005-2009 and the years 2008. 2009 and 2010.”/>
<meta name="DC.Description.tableOfContents" lang="po"/>
<meta name="DC.contributor.referee I" content="REPORT I :"O artigo "Jornais, geografia e monopólio. A forma da notícia nos sites dosjornais nos Estados Unidos" responde a uma estrutura clara IMReDC + B.Inicialmente,o texto tem um sólido corpo de teoria sobre o impacto da Internet nojornalismo, com uma lista completa de referências sobre o assunto no mundoanglo-saxão. Em segundo lugar, após uma exposição dos fatos e da área a ser estudada, otrabalho aplica e expõem uma metodologia de análise clara de determinadoscabeçalhos de jornais on-line norte-americanos, comparando-as com suasedições impressas. Torna-se mais fácil seguir a linha de raciocínio dos autores pela maneirasistemática e estruturada da exposição e a isso se unem as notasesclarecedoras do tradutor, que complementam as posições metodológicas comcitações de outras obras dos autores onde se definem conceitos como "forma"aplicada à estrutura de um jornal na sua versão on-line, conceitometodológico fundamental para a análise proposta no artigo. O texto traz um conteúdo valioso para o atual debate sobre jornalismoon-line e suas diferenças ou sobre as suas contribuições ao jornalismoimpresso tradicional. Por tanto, acreditamos que o artigo deve ser publicado. Dr. Ana Sedeño Valdellós - Universidade de Málaga."/>
<meta name="DC.Description.tableOfContents" lang="po"/>
<meta name="DC.contributor.referee II" content="REPORT II: "Em um ambiente midiático onde a Internet é vista tanto como uma ameaçaquanto como o futuro do jornalismo, é estranha a ausência de pesquisas emprofundidade que abordem como os meios tradicionais se introduzem no novomundo on-line. E o artigo em tela busca ressaltar se, de fato, os meios têmmudado o processo de criação da notícia. Em outras palavras, se ojornalismo se transforma para além das mudanças óbvias propiciadas pelasplataformas e aplicações da tecnologia na mídia digital. Na verdade, o mundo on-line criou um novo cenário, porém mais além daresposta óbvia apresentadas por muitos autores como a nova convergência ou *feedback* entre criadores e consumidores (a linha aberta por HenryJenkins), a verdade é que a falta saber algo muito mais fundamental: ojornalismo é e será o mesmo? E, adicionamos uma nuance, o jornalismo é algomais que o produto informativo, e, certamente, muito mais do que aindústria da comunicação, os modelos empresariais ou plataformas em que eleocorre.Para responder a esta questão, no que consideramos acertado, o autor doartigo aborda antes a imprensa convencional, que foi muito afetada pelopela explosão da Internet e que, em certa medida, continua a sustentar umaconcepção de jornalismo, onde - a priori - a profundidade está à frente doimediatismo e do espetáculo que caracterizam a rádio e a televisão, paranão mencionar o imediatismo maximizado pela Internet.Paradoxalmente, o imediatismo é algo de que carece a investigação realizadaneste trabalho. Na verdade, tanto o estudo como a bibliografia mostram queartigo faz uma análise de um panorama de anos atrás. A observação de que abibliografia, ainda que aceitável, não é atualizada é o elemento que atraia atenção, mas não diminui o valor de uma investigação que se ancora em umaspecto temporal válido, mesmo se nos limitarmos ao seu caráter históricoou anterior na relação entre os meios e a Internet.Toda a pesquisa, inclusive objeto e metodologias, são relevantes. Não hánenhuma objeção a uma seleção de jornais e elementos de estudo que sãoutilizados para revelar o que foi encontrado pelo autor. A realização deentrevistas, como um recurso para comparar os dados obtidos pela análiseestatística, fornece um rigor adicional para o artigo e assegura umainterpretação objetiva dos resultados. E para comprovar se o processo de criação de notícias - o jornalismo -mudou, o autor recorre a um conceito de forma que pretende captar o quetorna reconhecível um meio apesar das mudanças ocorridas. As conclusões dotrabalho se resumem no interesse da mídia convencional em utilizar aInternet para despejar suas versões de baixo custo, como uma garantia dasua posição no mercado sem que exista uma mudança substancial na transiçãodo impresso para a web.Na verdade, o autor observa que as notícias existem como elementos do queparece ser uma composição puramente comercial, onde o mercado e suaspremissas aparecem como elementos-chave em detrimento do jornalismo e dopúblico. O autor acrescenta que a Internet não supôs também uma mudança naforma dos meios de comunicação, que não souberam aproveitar aspossibilidades web.Dr. Samuel Toledano - Universidade de La Laguna."/>
<meta name="DC.Description.tableOfContents" lang="po"/>
<meta name="DC.description.abstract" content="ABSTRACT: "U.S. newspapers that publish electronic editions on the Internet do not appear to reinvent themselves on line. Instead the Web versions reproduce the substance of their print editions in a way that relates similarly to readers. Reaching stories on line can be a process involving multiple screen jumps and scrolls, and only a few stories have added features, such as hyper-links to additional information, images, or interactive resources. Newspaper stories on line differ very little from those printed in the originating newspapers. The Internet versions do not usually add to or change the text of the stories, and their presentation is visually meagre, especially compared to print, which has a richer typographical range and presents many more images. The results suggest that print publishers use their Internet presence as a low-cost place holder that guards their U.S. market position and erects a barrier to the entry of geographical competitors and ideological alternatives in the U.S. news arena."/>
<meta name="DC.Description.tableOfContents" lang="en"/>
<meta name="DC.keywords" content="Keywords: Internet, Newspaper, United States, Web, Format."/>
<meta name="DC.identifier" LANG="es" SCHEME="URI"/>
<meta name="DC.publisher.corporateName" content="Universidad de La Laguna (Tenerife, Islas Canarias). LAboratorio de Tecnologías de la Información y Nuevos Análisis de Comunicación, LATINA"/>
<meta name="DC.date.issued" content="2012"/>
<meta name="DC.type" content="text/html"/>
<meta name="DC.identifier content="http://www.revistalatinacs.org/067/art/962_Chicago/18_Kevinpo.html"/>
<meta name="DC.type" content="text/pdf"/>
<meta name="DC.identifier" content="http://www.revistalatinacs.org/067/art/962_Chicago/RLCS_art962po.pdf"/>
<meta name="DC.type" content="text/html;charset=iso-8859-1"/>
<meta name="DC.language" content="po"/>
<meta name="DC.relation.isPartOf" content="1138-5820" scheme="ISSN"/>
<meta name="DC.rights"content="Universidad de La Laguna (Tenerife, Islas Canarias). LAboratorio de Tecnologías de la Información y Nuevos Análisis de Comunicación, LATINA"/>
<meta name="DC.TERMS.bibliographicCitation" content="Barnhurst, K. G. (2012): "Imprensa, geografia e monopólio. A forma da notícia nas páginas dos jornais dos Estados Unidos", Revista Latina de Comunicación Social, 67, pages 406 to 429. La Laguna (Tenerife, Canary Islands): La Laguna University, retrieved on ___th of ____ of 2_______, from
http://www.revistalatinacs.org/067art/962_Chicago/18_Kevinpo.html
DOI: 10.4185/RLCS-962po/ CrossRef link"/>